terça-feira, 14 de maio de 2013

JARDIM DAS ALMAS

Jardim das Almas
Rabino Avraham Greenbaum, Editora Sêfer, 176 páginas (14x21 cm, brochura), ISBN 978-85-85583-83-5, 2010
Informações e encomendas através do email  euronigma@sapo.pt 

***
Jardim das Almas – Ensinamentos do Rebe Nachman de Breslav sobre o sofrimento
Jardim das Almas é uma das mais belas e aclamadas lições do Rebe Nachman de Breslav (1722-1810). Seus ensinamentos advêm do sofrimento do próprio Rebe - em consequência da trágica perda de seu filho ainda bebê - e oferece orientação e conforto para lidar com a dor e o sofrimento em nossas próprias vidas e daqueles que nos cercam.
Por que nós normalmente fechamos os olhos nos momentos de dor? Esse reflexo físico demonstra um anseio espiritual de transcender o sofrimento, focando nosso olhar interno no objetivo final desta vida. É a crença na bondade Divina que torna possível encontrar significado nos testes deste mundo, superar as adversidades e transformá-las em experiências capazes de nos elevar e alcançar uma alegria profunda. Esta edição traz ainda outros ensinamentos relacionados ao tema e preces elaboradas por esse grande conhecedor da alma humana.
***
Fé e esperança são os princípios fundamentais capítulo central deste livro: a bela lição chamada de “Jardim das Almas” (Licutê Moharan I:65). Escrito a partir do seu próprio sofrimento, provocado pela perda de seu filho Shlomo Efraim ainda bebé, o Rebe Nachman oferece orientação e conforto para lidar com a dor e o sofrimento. O ponto crucial que daqui emerge é que o sofrimento nos é enviado com o sentido de nos aproximar de Deus. Quando acreditamos e reconhecemos isso firmemente, é possível encontrar maneiras de utilizar a própria dor e as adversidades para nos aproximar do objectivo final nesta vida.
Devido à grande distância existente entre o mundo de hoje e a fé, mesmo os fundamentos da Torá sobre a dor e sofrimento soam estranhos a muitas pessoas. Por isso, o capítulo “Uma questão de fé” apresenta uma síntese de algumas das ideias centrais que sustentam o ponto de vista da Torá. Já o capítulo “A visão da Torá sobre o sofrimento” apresenta trechos do livro “O Caminho de Deus”, do Rabino Moshe Chaim Luzzato (o Ramchal), que constituem a essência dos ensinamentos clássicos da Torá sobre este assunto.
Rabino Avraham Greenbaum
Conheça também a obra Anatomia da Alma do Rabino Chaim Kramer (publicada pela editora Sêfer)
***
Sobre o autor:
O Rabino Nachman de Breslav nasceu em 1º de Nissan de 5532 (1772), na cidade de Medzeboz, na Ucrânia, e era bisneto do Baal Shem Tov (“Mestre do Bom Nome”), o fundador do movimento chassídico. Ao se destacar como grande “tsadic” (justo), sábio da Torá, professor e mestre chassídico, passou a atrair seguidores que o consideravam sua fonte mais importante de orientação espiritual na busca por Deus. Ele viveu na cidade de Breslav, na Ucrânia, do outono de 1802 até à primavera de 1810, mudando-se depois para Uman, aonde veio a falecer de tuberculose seis meses depois, em 18 de Tishrê de 5571 (1811), aos trinta e oito anos, sendo ali enterrado.
O Rebe Nachman era um grande místico e cabalista, mas, ao mesmo tempo, um homem prático e realista. Ele narrava contos de príncipes e princesas, mendigos e reis, demónios e santos, e ensinou sobre a necessidade de se viver com fé, honestidade e simplicidade.
Quando o Rebe Nachman faleceu, seus seguidores não foram capazes de encontrar ninguém que o substituísse. Em vez de nomearem outro Rebe, eles continuaram a buscar inspiração e orientação nos ensinamentos do próprio Rebe Nachman, que continuou sendo o Rebe deles. Os seguidores do chassidismo de Breslav têm agido assim desde então, estudando seus escritos e empenhando-se na prática de seus ensinamentos em suas vidas. Nesse sentido, pode-se afirmar que o Rebe Nachman continua a ser o líder dos seguidores do chassidismo de Breslav.